Minha limpeza de pele profunda com a Lindanita Pele

No final de dezembro, tive a oportunidade de realizar uma limpeza profunda de pele com uma pessoa muito querida, que é a Lindanita. Sempre acompanhei as postagens dela no IG e ficava encantada com o seu profissionalismo e dedicação.

O que é a limpeza de pele?

A limpeza de pele é um tratamento facial que pode ser realizada em qualquer época do ano. Com o aumento das temperaturas, aumenta também a produção de suor e de óleo, o que favorece a formação de cravos e espinhas.

Por isso, a limpeza de pele se torna ainda mais importante nesse período de verão, já que esse tratamento ajuda a desobstruir os poros, remove as células mortas e elimina resíduos localizados em camadas mais profundas.

Vale lembrar que o uso do protetor solar é indispensável depois da limpeza, pois a pele fica ainda mais sensível à radiação.

O afinamento da pele, a remoção de manchas superficiais e a preparação da pele para os tratamentos de rejuvenescimento são outros objetivos da limpeza de pele. A limpeza de pele é indicada, principalmente, para remoção de cravos abertos (pontos pretos) ou fechados (pontos brancos) e remoção de miliuns. Serve também para remover as células mortas e manter a pele macia e saudável.

Como foi realizada a limpeza profunda de pele

Nunca tinha realizado esse procedimento, por ter a pele hiper sensível sempre evitava esse tipo de tratamento, porém recebi o convite da Linda e como já acompanhava sua trajetória a bastante tempo resolvi conhecer o seu trabalho e já informo que não me arrependi.

No início é realizada a higienização da pele com produtos de limpeza desengordurantes. O objetivo é remover maquiagem, cosméticos e até mesmo as impurezas decorrentes da poluição e a oleosidade da pele.

Existem protocolos feitos para limpeza de pele que consistem em higienização, esfoliação, tonificação, emoliência (amolecimento de lesões):

e as extrações:

No final do procedimento, a Linda realiza uma hidratação facial, que no meu caso foi de maçã, essa máscara te um cheiro maravilhoso.

Como minha pele tem hiper sensibilidade, no final do procedimento ficou um pouco vermelha, mas não se assustem, após chegar em casa apliquei água termal e a vermelhidão reduziu:

Com o passar dos dias, senti a minha pele mais clara e reduziu a oleosidade, não causou nenhuma irritação na pele e pretendo em breve retornar para uma nova limpeza.

Agradeço imensamente pela oportunidade, a Linda é uma profissional exemplar, que demostra segurança em tudo o que faz.

Ela realiza atendimento no Velvet Creation Salon, localizado na Rua Jack Ayres, 73, Boa Viagem, Recife-PE

Entrem em contato através dos telefones e agendem uma limpeza de pele:

☎️ (81) 3040-3080
📲 (81) 99113-3878

 

Até o próximo post.

Postado por
Nay

Continue Lendo

You may also like

Cuidados com a pele no verão: Saiba como mantê-la bonita e saudável na estação mais quente do ano!

O verão está chegando e nessa época do ano é comum que muitos reclamem de como sua pele fica, pois a exposição ao sol com mais frequência, além do calor e do tempo mais seco podem acabar agredindo ela e até mesmo causando problemas sérios. Por isso, quem busca ter uma pele hidratada, bonita e o mais importante saudável é preciso de tomar algumas precauções.

Se você quer saber quais são elas, então confira nesse texto alguns dos principais e indispensáveis cuidados com a pele no verão.

Hidratação

Uma das principais dicas de cuidados com a pele no verão está relacionada com a hidratação. Uma pele hidratada e saudável é importante para ter maior elasticidade, evitar o envelhecimento, radicais livres e doenças de pele.

E isso envolve alimentação e também alguns cuidados externos. Mas é muito importante dizer que quando falamos em cuidar da pele, estamos falando dela como um todo e não apenas do rosto, como muitas pessoas podem pensar.

Por isso, para se ter uma pele hidratada é preciso também que ela esteja bem limpa. E no calor ao suor o recomendado é que se tome pelo menos dois banhos no dia e use sabonetes antissépticos que ajudam a evitar bactérias e fungos.

No rosto para uma limpeza mais profunda usar produtos específicos para uma limpeza profunda de acordo com o seu tipo de pele também é importante. Depois que já estiver limpa e seca, use um creme hidratante principalmente nas áreas que são mais secas como pés, cotovelos, joelhos, mãos.

Protetor solar é indispensável

Se você acha que usar protetor solar é algo para fazer apenas quando se está na praia ou na piscina, então está enganada. Ele deve ser utilizado todos os dias, até mesmo nos dias nublados, pois os raios ultravioleta afetam da mesma maneira a nossa pele.

No verão o uso do protetor solar deve ser ainda mais importante, pois a exposição ao sol é maior e sem proteção além de ter uma pele ressecada, também podem surgir manchas e contribuir para o envelhecimento precoce.

Uma boa dica para quem ainda é resistente ao protetor solar e também para quem não abre mão de maquiagem, são os protetores solares com cor. Existem diversos tipos e que dão certo com as mais diversas tonalidades de pele. Algumas pessoas até substituem a base de todos os dias por esse tipo de protetor no verão.

Alimentação ajuda nos cuidados com a pele no verão

A alimentação é importante quando se fala em cuidar da pele em qualquer época do ano, pois contém substâncias que ajudam a manter a hidratação interna e externa da pele, além de fornecer nutrientes que são importantes para que a pele fique saudável e não sofra com problemas provocados pela alta temperatura.

Alimentos ricos em carotenoides, como cenoura, mamão, laranja, beterraba e outros legumes e verduras são ótimos para o cardápio diário, pois ajudam tem antioxidantes que melhoram o funcionamento do corpo de maneira geral.

Além disso se manter hidratado também é importante, por isso aumente a ingestão de líquidos deve ser redobrada. Mas evite as bebidas muito açucaradas, prefira água, sucos naturais e chás gelado, por exemplo.

Cuidados com a pele oleosa no verão

Todos os tipos de pele sofrem com os efeitos do calor, mas quem tem pele oleosa pode sofrer ainda mais. Por isso, separamos algumas dicas importantes para quem tem esse tipo de pele adotar. E quem não tem também pode se beneficiar, pois algumas servem para todos os tipos de pele, secas, mistas ou oleosas.

  • Prefira hidratantes que deixem a pele matificada: É importante utilizar cremes que ajudam a hidratar a pele, mas quem já tem ela oleosa ou com tendência a oleosidade deve optar por aqueles que têm o chamado efeito matte, ou seja, que deixa a pele mais sequinha.
  • Utilizar sabonetes próprios para o tipo de pele: Sempre separe o sabonete de rosto do de corpo e escolha aquele que tem ação própria para esse tipo de pele.
  • Máscaras de argila: As máscaras de argila tem função que ajuda a diminuir a produção de óleo no rosto durante algumas horas. Mas não deve ser utilizadas diariamente, por isso acabam sendo ótimas para usar em dias de eventos que você quer a pele o mais seca possível

Essas são algumas dicas fáceis de serem seguidas no nosso dia a dia e assim ter uma pele bonita, hidratada e saudável mesmo com altas temperaturas. Mas para tratamentos mais específicos recomendamos que seja consultado um dermatologista.

Imagens: Google

Este é um artigo colaborativo realizado em parceria com a equipe da Damascus Steel Digital Business.

Postado por
Nay

Continue Lendo

You may also like

10 mitos e verdades sobre a drenagem linfática

Entenda o que é fato e o que não é sobre essa técnica de terapia corporal

 

A drenagem linfática é uma técnica que existe desde 1930, desenvolvida pelo casal de doutores dinamarqueses Emil e Estrid Vodder para o tratamento de sinusite crônica e de outros distúrbios imunológicos.

Mesmo caminhando para 90 anos de existência, a drenagem linfática ainda é permeada por uma série de mitos e verdades, que confundem tanto os incautos quanto até mesmo as pessoas que já recorrem a ela para melhorar sua saúde.

Pois bem, chegou a hora de desmistificar o assunto! Vamos conferir os maiores mitos e verdades sobre a drenagem linfática e, assim, entender mais a fundo como ela funciona e pode nos ajudar.

Imagem: Google

Drenagem linfática: o que é mito e o que é verdade?

Depois das próximas curiosidades e explicações, será possível eliminar uma série de dúvidas e incertezas sobre o assunto!

Imagem: Google

1 – Drenagem linfática ajuda a perder gordura: mito

Esse é um dos maiores mitos que existem sobre o assunto. Na verdade, as drenagens linfáticas não ajudam a perder gordura, já que elas são responsáveis por estimular o funcionamento do sistema linfático, que não possui relação com o tecido adiposo.

Indiretamente, a drenagem pode ajudar a perder peso, já que os líquidos retidos poderão ser eliminados, o que, por consequência, pode te fazer perder algumas gramas ou até mesmo quilos na balança. Porém, isso não terá ocorrido pela redução de gordura, mas sim de líquidos.

 

2 – Ajuda no pós-operatório de cirurgias plásticas: verdade

Imagem: Google

Uma das principais recomendações da drenagem linfática é depois da realização de cirurgias plásticas, como abdominoplastias, lipoaspirações e próteses de mama, e ela realmente desempenha um papel muito importante no pós-operatório.

Isso já foi objeto de vários estudos. Um deles, feito por 6 médicos brasileiros e divulgado em 2014 no Indian Journal of Plastic Surgery, mostrou que a associação da drenagem linfática manual com ultrassom terapêutico reduziu significativamente dores, inchaços e fibroses nos pacientes.

Além de ajudar na recuperação, o próprio resultado das cirurgias plásticas pode ser potencializado com as drenagens linfáticas.

 

3 – Drenagem linfática ajuda a espalhar o câncer pelo corpo: mito

Esse é um grande mito. Ainda que portadores de linfoma (câncer no sistema linfático) não recebam drenagens linfáticas a menos que sejam autorizados por seus médicos, vários testes já foram feitos e comprovaram que elas não são capazes de espalhar cânceres.

Na verdade, as drenagens podem ser benéficas para portadores de câncer por estimular o sistema nervoso parassimpático e, assim, resultar na desaceleração dos batimentos cardíacos e na redução da pressão arterial, da adrenalina e do açúcar no sangue.

Ainda assim, é importante que os portadores de câncer conversem com seus médicos sobre a possibilidade de fazer drenagens linfáticas para que eles também estejam de acordo.

 

4 – Pode haver contraindicações para a drenagem linfática: verdade

Ainda que seja um procedimento benéfico na grande maioria dos casos, certas pessoas não devem se submeter a essa técnica, o que poderia agravar alguns de seus quadros de saúde.

Pessoas com tuberculose, inflamações, insuficiência renal e trombose venosa profunda não devem se submeter a ela. Já pacientes de hipertireoidismo, hipotensão arterial, insuficiência cardíaca e estados febris se enquadram nas contraindicações relativas, ou seja, precisam de aprovação médica para realizá-la.

 

5 – Drenagem linfática aumenta a vontade de urinar: depende

O objetivo da drenagem é fazer com que a linfa vá para os linfonodos e, depois, seja encaminhada aos rins. Isso pode fazer com que a vontade de urinar aumente nas 24 horas seguintes devido à maior concentração de líquidos nos rins.

Porém, essa não é uma regra. Pode ser que você passe por uma sessão de drenagem linfática e não sinta mais vontade de urinar do que o normal. Isso também não quer dizer que a drenagem foi feita incorretamente, já que o aumento da função urinária depende da reação de cada organismo.

 

6 – Grávidas não podem fazer drenagem linfática: mito

Imagem: Google

É comum ouvir dizer que as gestantes não podem passar por drenagens linfáticas, mas esse é um mito. Na verdade, essa é uma técnica que pode fazer muito bem a elas.

A gravidez costuma aumentar o fluxo sanguíneo, assim como a pressão exercida sobre os membros inferiores, que precisam suportar o ganho de peso. A drenagem ajuda a aliviar dores nas pernas e pés, reduzir a aparição da celulite, evitar varizes e até melhorar a qualidade do sono.

 

7 – Ajuda no tratamento do câncer: verdade

Estudos científicos comprovam que há uma série de efeitos positivos da drenagem linfática em pessoas que passam por tratamentos de câncer, seja através de cirurgias ou quimioterapias.

Alguns desses benefícios são a redução de náuseas, fadiga, depressão, dor e ansiedade. Além disso, as pessoas tendem a se sentir mais relaxadas e alertas mentalmente, bem como a ter a cicatrização de lesões e ferimentos agilizada.

 

8 – Apenas profissionais devidamente capacitados podem oferecer o serviço: verdade

A drenagem é um tipo de massagem bem específico, e a pessoa que a realiza deve ter pleno conhecimento dos sistemas circulatório, linfático e endócrino. Além da parte teórica, também é essencial ter se submetido a treinamentos práticos.

Quando aplicada incorretamente, a drenagem pode trazer sérios prejuízos, desde dores musculares até outros mais sérios, como complicações em períodos pós-operatórios. Por isso, sempre procure pessoas certificadas e comprovadamente experientes.

 

9 – Drenagem linfática dói: mito

Quando realizada corretamente, a drenagem é bem relaxante, já que a suavidade é necessária no processo para que o sistema linfático seja estimulado. Certos tipos de massagem podem ser um pouco mais intensos e causar pequenos desconfortos musculares, mas esse não é o caso da drenagem linfática.

 

10 – Drenagens relaxam o corpo e a mente: verdade

Imagem: Google

Elas podem fazer maravilhas caso você esteja se sentindo cansado ou se recuperando de qualquer tipo de doença. Além disso, as drenagens linfáticas são benéficas para esportistas, pacientes cirúrgicos e portadores de doenças como fibromialgia.

Isso acontece devido ao fato de que a massagem induz o corpo a um estado de relaxamento, além de ajudar a combater inchaços e a desintoxicar o organismo. Tudo isso contribui para se sentir melhor não apenas física, como também mentalmente.

 

Desfrute do grande poder da drenagem linfática!

 

Existem alguns mitos a respeito dessa técnica, mas a verdade é que ela é muito benéfica para o corpo e para a mente, seja na recuperação de cirurgias plásticas ou mesmo para a eliminação de toxinas do nosso organismo.

Se você deseja sentir tudo de bom que ela é capaz de trazer, aproveite a oportunidade e passe por uma sessão de drenagem linfática. Quem quer ir ainda mais além pode se inscrever em cursos online para aprender a técnica a fundo e, assim, oferecer esse tipo de serviço para ajudar outras pessoas e ainda ser bem remunerado!

Postado por
Nay

Continue Lendo

You may also like

SOSDicas – Os melhores produtos para acabar com a pele flácida

Escolher os produtos certos pode evitar e amenizar a flacidez na pele do seu rosto!

A flacidez é uma das consequências do envelhecimento na nossa pele, que fica menos firme e com um aspecto diferente do que tinha quando éramos mais jovens.

Ainda que seja impossível conter totalmente os efeitos do tempo, alguns produtos podem atrasar esse processo, o que permite ter uma pele firme, lisa e elástica por mais tempo.

Vamos entender melhor o que faz com que a pele fique flácida conforme o tempo passa e quais produtos podem ser usados para amenizar e prorrogar esses efeitos.

 

Por que a pele fica flácida?

Google

O aspecto flácido da pele é a consequência de vários fatores, mas o que desempenha um papel mais importante é o envelhecimento.

Conforme os anos avançam, a pele passa a ter uma concentração cada vez menor de duas proteínas essenciais: colágeno e elastina. Elas são as responsáveis pela maciez, jovialidade e resistência da cútis.

Com a diminuição da concentração dessas proteínas, a pele fica naturalmente fragilizada, o que resulta em uma perda da jovialidade. A concentração de colágeno no organismo é máxima até os 25 anos, mas quando atingimos essa idade, ela diminui 1% ao ano.

Além da diminuição do nível das proteínas, os músculos da face ficam mais fracos com o passar dos anos, o que também influencia na aparência da pele.

Exposição excessiva ao sol é outro fator que pode fazer a pele perder sua elasticidade natural, já que as células são danificadas e a concentração de colágeno e elastina pode ser reduzida.

A perda de peso também pode causar a flacidez da pele, principalmente quando ela é expressiva, como em pessoas que se submetem a cirurgias bariátricas ou que emagreceram muito através de outras formas.

 

Quais produtos são mais recomendados contra a flacidez?

A lista de fatores para a flacidez da pele é grande, mas, felizmente, a de produtos que podem ajudar a conter seus efeitos também. Confira quais são os mais eficientes e conserve a jovialidade da sua cútis pelo maior tempo possível!

 

Protetor solar

Se a radiação solar prejudica as células cutâneas e favorece seu envelhecimento, então proteger a pele contra os raios do sol é muito eficaz! Por isso, o protetor solar está entre os melhores produtos para conter a flacidez.

Ele deve estar na rotina de todas as pessoas, não importa qual seja sua idade ou a temperatura do dia. Mesmo quando está frio e o sol parece mais tímido, ele ainda emite raios que podem ser absorvidos por nossa pele.

Enquanto os raios UVB são mais intensos no verão e em dias quentes, os raios UVA apresentam praticamente a mesma intensidade em todas as estações. Por isso, o protetor deve ser aplicado todos os dias, mesmo para quem trabalha em escritórios e lugares fechados.

 

Cremes hidratantes

O passar dos anos leva parte da hidratação da pele. Por isso, os cremes hidratantes atuam como um repositor importante para conter a flacidez.

O uso desses produtos mantém as camadas superficiais da pele mais hidratadas, o que por sua vez ameniza a flacidez, assim como as rugas e linhas de expressão.

Outras formas de manter a hidratação do corpo em alta também são recomendadas, como tomar bastante água todos os dias. Isso fará com que a pele fique mais hidratada e saudável de dentro para fora.

 

Antioxidantes tópicos e orais

Os antioxidantes são substâncias capazes de agir contra a oxidação das células do organismo. Esse processo é realizado pelos radicais livres, que são benéficos para o corpo quando presentes em uma quantidade equilibrada, mas podem ser prejudiciais em grandes concentrações.

Um dos efeitos de sua concentração demasiada é o envelhecimento precoce, conhecido como estresse oxidativo, que é quando as proteínas (entre elas o colágeno e a elastina) passam a desempenhar uma função diferente da original no organismo.

Para controlar os níveis de radicais livres no organismo, o uso de antioxidantes é uma boa pedida, o que pode fazer com que todas as células cumpram suas funções adequadamente.

O consumo de antioxidantes pode ser feito por via tópica, através de cremes hidratantes com tais propriedades, ou por via oral, em comprimidos ou certos alimentos, como cenoura, frutas cítricas, tomate, carnes vermelhas e brancas e grãos, entre outros.

 

Esfoliantes

O processo de esfoliar o rosto é importante para deixá-lo ainda mais belo e saudável, já que contribui com a remoção das células mortas que se encontram na camada superficial da pele.

O resultado é o desenvolvimento de novas células cutâneas, que deixam a pele mais lisa, macia e hidratada, além de amenizar manchas, linhas de expressão e rugas. Com isso, a sensação de flacidez é suavizada.

Porém, tome cuidado com abusos. As peles oleosas devem ser esfoliadas duas vezes por semana e as peles normais e secas apenas uma, no máximo.

 

Cremes anti-idade

Os cremes anti-idade são desenvolvidos para trazer à pele os nutrientes, minerais e vitaminas que ela precisa para se manter jovem e saudável por mais tempo. Essa combinação pode fazer muito bem para conter os efeitos da flacidez.

Ácido hialurônico, complexo de peptídeos, nanopartículas de ouro, pró vitamina D e niacinamida são alguns dos ingredientes presentes nesses cremes e que podem contribuir para a beleza e a jovialidade da pele.

 

Quando começar com esses cuidados?

Quanto antes você começar a cuidar da sua pele para evitar o envelhecimento precoce e a flacidez, mais eficazes serão os resultados, principalmente a médio e longo prazo.

Mesmo se a sua pele ainda não apresentar sinais de flacidez, é recomendável seguir as recomendações citadas para que ela se mantenha assim por ainda mais tempo.

Por isso, para ter uma pele mais firme e elástica, use protetor solar, creme hidratante, produtos com antioxidantes, esfoliante e, é claro, um bom creme antissinais. Assim, você ameniza os efeitos da flacidez!

Postado por
Nay

Continue Lendo

You may also like