Resenha – Protetor solar facial Pink Cheeks

O inverno chegou, porém a proteção contra os raios solares não podem entrar de férias.

Mesmo nos dias frios, os raios UVA/UVB estão presente e maltratando a nossa pele. Aqui no Nordeste, é verão praticamente o ano todo.

Navegando no perfis dermatológicos do IG, “conheci” o protetor solar em bastão da Uriage e gostei bastante da proposta do produto, porém, não é comercializado no Brasil, com isso, pesquisei algum produto nacional que tivesse a mesma proposta e conheci a Pink Cheeks.

É uma empresa jovem, formada por 3 mulheres que se uniram através do esporte e, juntas, resolveram criar produtos que tivessem benefícios para a prática esportiva e para a rotina corrida da vida moderna.

Resolvi comprar o bastão para testar e amei (comprei o incolor – 5km e o com cor – 10km).

@blogsosdabeleza

A linha é completa de diversos produtos, é só entrar no site da marca e conferir tudo;

O Pink Stick FPS90-PPD70 é um fotoprotetor multifuncional que alia proteção, saúde, beleza e praticidade. Com textura e sensorial agradáveis, aliado à ampla proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB, pode ser usado como um protetor solar diário, especialmente, durante a prática de exercícios físicos ao ar livre, já que é resistente à água e ao suor.

Imagem: Época Cosméticos

A fórmula do Pink Stick é enriquecida com vitamina E, potentes antioxidantes associados que combatem os radicais livres e o envelhecimento cutâneo. Além disso, oferece 5 opções de tonalidades que combinam com os diferentes tons de pele e ajudam a uniformizar as imperfeições.

O Pink Stick foi submetido a testes de eficácia e segurança, realizados em laboratório credenciado – Kosmocience Ciência e Tecnologia Cosmética LTDA.

Benefícios:

  • Filtro solar Facial de altíssima proteção – FPS 90 PPD 70
  • Resiste 100% à água
  • Não escorre com o suor, por isso é ideal para correr, pedalar, caminhar, etc.
  • Possui 5 tons de cores que se adaptam a diversas tonalidades de pele (as cores são definidas como “quilometragens” – 5km, 10km, 15km, etc – apenas como forma de diferenciar as cores. Estas “distâncias” não significam o tanto de quilometragem que a pessoa precisa fazer para usar)
  • Possui 1 versão incolor, indicada para homens e mulheres
  • A cobertura do Pink Stick é leve (8% de pigmento), diferente de uma maquiagem convencional
  • Indicado para todo tipo de pele, inclusive as oleosas, pois possui toque seco (fosco)
  • Produto resistente à água por 4 horas
  • Protege contra raios UVA e UVB
  • Formato em bastão que facilita a aplicação.

FPS – Fator de proteção solar contra raios UVB
PPD – Fator de proteção solar contra raios UVA

Uso e eficiência:

Comprei o Incolor e o com cor:

O incolor é um pouco mais “grosso” para espalhar na pele e deixa um leve aspecto esbranquiçado durante a aplicação, porém após finalizar o produto fica “transparente” na pele.

Incolor (5km) e o com cor (10km)

O produto com cor tem cobertura bem leve, o tom ficou ideal para a minha pele e desliza fácil durante a aplicação. Ele é um pouco mais oleoso que o sem cor, porém eu sempre aplico uma camada de base mate ou pó translúcido para selar, dura mais de 04 horas sem apresentar sinal de oleosidade. Minha pele é extremamente oleosa, e usar apenas o 10km não me deixa confortável, pois aplico mais de 07 camadas em cada parte do rosto, por isso sempre selo com algum produto. Isso é muito pessoal e depende de cada tipo de pele.

O produto não irritou a minha pele ou causou espinhas, porém devemos ter atenção durante a limpeza da pele para retirar produtos que são a prova d’água ou resistentes, pois se a limpeza não for eficiente, restos de produtos poderão se acumular na pele ocasionando as inflamações, em alguns casos não é o produto que causou a espinha e sim a remoção incorreta dele. Porém casa pele é um caso, na minha em específico, nunca me ocasionou nenhuma lesão.

Algumas maneiras que aplico: Uso combinado com o filtro solar em pó da Adcos FPS50, com a base superfluida FPS50 e/ou o pó translúcido da [quem disse, Berenice?] ou com o Pó compacto da Vult.

Comprei os produtos no site da Época Cosméticos.

O preço varia em média de R$79,90, porém consultei no site e os produtos estão em promoção:

R$65,50 (5KM) e R$71,90 (10KM)*

 

*Consulta realizada dia 08/07/18

Postado por
Janaina

Continue Lendo

You may also like

Resenha – Dermage Clarité AG+ Sérum

Sérum Anti idade Clareador Clarité AG+ Peel é um peeling de uso diário que promove uma intensa renovação celular e a produção de colágeno.

Ultra concentrado e de leve absorção, o Clarité AG+ possui um exclusivo complexo de ativos que ajudam a clarear áreas escuras, rejuvenesce, uniformiza o tom da pele, melhora sua textura e estimula a renovação celular.

Benefícios:

  • Estimula a produção de colágeno.

  • Ativa a renovação celular.

  • Uniformiza a tonalidade da pele.

  • Potencializa o tratamento clareador diário.

@blogsosdabeleza

Ativos:

Retinol: estimula a renovação da pele e o clareamento de manchas.

Ácido Glicólico: promove a renovação celular, melhora a flexibilidade e textura da pele, além de promover a síntese de colágeno.

Vitamina C nanoencapsulada: possui propriedades antioxidantes e iluminadoras e estimula a síntese de colágeno.

@blogsosdabeleza

Utilizei o produto por aproximadamente 3 meses na rotina noturna. Higienizava a pele, hidratava e após aplicava o Sérum no rosto (evitando a região dos olhos) e pescoço. As manchas da região das minhas bochechas e buço ficaram mais claras e não me causou reação alérgica ou descamação da pele, apenas leve ardor quando aplicava muito próximo a região dos olhos. Sua cor é amarelada e tem um cheiro característico de produtos com Vitamina C, porém após aplicar o cheiro ameniza e não tonaliza o rosto. Na minha última visita ao consultório dermatológico (m junho), a Dra. trocou os produtos da rotina matinal e noturna e hoje estou utilizando o Avene D Pigment Clareador. O Clarité rende bastante e o que sobrou do produto utilizo na região do pescoço/colo e no dorso das mãos.

*Consulta realizada dia 08/07/2018.

Postado por
Janaina

Continue Lendo

You may also like

Melasma X Protetor Solar – 05 dicas para cuidar da pele com Melasma

Continuando o post sobre Melasma, hoje teremos os seguintes tópicos: Melasma X Protetor Solar e 05 Dicas essenciais:

Melasma X Protetor Solar

@dratatianadiperrelli

☀ O fator que mais contribui para o aparecimento do melasma é o sol. Tanto desencadeia quanto piora.
É extremamente importante que o portador dessa disfunção evite a exposição solar sem proteção.

◾Portadores de melasma devem utilizar ao menos, 2 ou 3 camadas de filtro solar físico | FPS 50 ou mais.
◾Após a aplicação de cada camada, é importante dar algumas batidinhas para o filtro penetrar melhor (Não arraste ele).
◾Feito a aplicação do protetor físico, agora aplique o filtro solar com cor. O filtro com cor protege contra a luz visível.
◾A luz visível é considerada uma VILÃ PARA O MELASMA!
Essa luz é capaz de produzir radicais livres, que provocam alterações nas células, principalmente nos melanócitos (células da pigmentação) e nos fibroblastos. A mesma é transmitida por lâmpadas fluorescentes e iluminações artificiais (luz do computador e a claridade que entra através da janela)
◾Se você não gosta de filtro cor, pode recorrer a sua base favorita, ela também auxilia na proteção contra a luz visível.

💡Importante saber: os estudos mostram que a melhor proteção para a luz visível é feita com o pigmento óxido de ferro, que é encontrado em alguns dos filtros com cor de base, mas não em todos. E o óxido de ferro deve estar numa concentração acima de 3,0%.

💡Será que estou realmente protegida? Será que fiz tudo certo?

◾A dica é, depois do processo de camuflagem você ainda consegue ver as manchas? Se sim, você não está protegida. Volte e aplique mais uma camada generosa do filtro com cor/base.

Bônus:
◾Usar o secador de cabelo no frio ajuda a secar as camadas do filtro. (Jamais quente, o calor piora o melasma)
◾Durante o dia, reaplique apenas o filtro com cor. Os melhores para reaplicação são os pancake ou pó #AMO
A reaplicação deve acontecer a cada 2 horas, se caso você estiver exposta ao sol ou a claridade.
◾Usar sempre ANTIOXIDANTES ORAIS, a base de polipodium, picnogenol, Vit E e outros (Converse com seu DERMATO)
◾Aplique filtro solar em todo o corpo. Se você se bronzear, mesmo não expondo o rosto, seu melasma pode piorar. Ex: Se você tomar sol nas pernas, os RAIOS UV passam pela vascularização e gera uma ação Inflamatória, piorando o melasma.

05 Dicas essenciais

@dratatianadiperrelli

◾1. ABUSE DO FILTRO SOLAR.
O ponto de partida para que o tratamento de melasma tenha efeito é a proteção contra os raios solares.
💡Confira as dicas de proteção que foram compartilhadas na publicação de ontem: MELASMA X PROTEÇÃO SOLAR.

2. UTILIZE MÉTODOS FÍSICOS PROTETORES SEMPRE QUE FICAR EXPOSTO AO SOL.
Sabe-se que guarda-sol, óculos, chapéus e roupas com tecidos tecnológicos protegem a pele da radiação ultravioleta e da luz visível, tanto do sol quanto das fontes artificiais. Assim, ajudam na prevenção do melasma.

3. EVITE O ATRITO E A FRICÇÃO CONSTANTE COM O USO DE LENÇOS DEMAQUILANTES, ESCOVA DE LIMPEZA E ALGODÃO.
Quanto mais você esfregar a pele, mas ela vai sensibilizar e pigmentar o melasma. Utilize suas mãos de forma leve e delicada, para passar a água micelar, demaquilante ou o cleasing oil.

4. FIQUE ATENTO AOS FATORES QUE AGRAVAM O MELASMA. 
Desregulação da tireoide, uso de pílula anticoncepcional e algumas medicações especificas que podem gerar pigmentação na pele, como é o caso da Minociclina, que é bastante utilizada no tratamento da acne.

5. TRATAMENTOS DERMATOLÓGICOS.
É claro que todas essas dicas ajudam a prevenir o Melasma, mas não há nada melhor do que consultar sua dermatologista, para que ela avalie as características da sua pele e indique o melhor tratamento. Inclusive, para casos mais graves, há tratamentos mais aprofundados como peelings, microagulhamento e clareamento a laser que diminuem as manchas.

Fonte: @dratatianadiperrelli

Lembrando que nenhum artigo de internet substitui a visita ao consultório dermatológico.

 

Postado por
Janaina

Continue Lendo

You may also like

Limpeza da pele oleosa: Do ácido salicílico, quais os melhores ativos para o cuidado do rosto?

Essa semana, resolvi trazer alguns artigos sobre cuidados com a pele. Abaixo vocês podem conferir um artigo que o DermaClub publicou, onde tem dicas muito valiosas.

Vamos conferir?

Quem tem a pele oleosa muitas vezes fica em dúvida na hora de comprar produtos para a sua rotina de limpeza. Além de prestar atenção em alguns detalhes, como a textura, que não pode ser gordurosa, é importante ficar atenta aos ativos que compõem a fórmula do dermocosmético em questão. Você sabe quais são os ingredientes que fazem bem e aqueles que geram desequilíbrio ao rosto com tendência à oleosidade? O DermaClub conversou com a dermatologista Flávia Addor, de São Paulo, que esclareceu os fatos sobre o assunto.

Entenda um pouco mais sobre a pele oleosa

Antes de falar sobre os ativos, é importante entender como a pele oleosa funciona. De acordo com a médica, ela recebe esse nome por ter uma quantidade demasiada de sebo em sua superfície, devido à maior atividade das glândulas sebáceas. “Este tipo de pele predomina na face e também na área mediana – região do tórax e dorso – não ocorrendo nos braços e pernas, por haver uma menor concentração de glândulas nestes lugares”, disse.

Embora a oleosidade seja mais comum durante a adolescência, por conta da puberdade, o cenário pode se estender para a fase adulta. Outros motivos da pele oleosa são a predisposição genética e os gatilhos ambientais: “como os excessos de temperatura – muito frio ou calor-; poluição atmosférica; hormonais ou produtos cosméticos inadequados”, esclareceu a dermatologista.Conheça os principais ativos que beneficiam a limpeza da pele oleosa

São vários os ativos que ajudam a regularizar a oleosidade, desde aqueles usados em cosméticos, até as medicações potentes orais. A escolha vai depender do quadro de intensidade e extensão, além dos fatores associados. Confira os melhores ingredientes para a pele oleosa:

Ácido salicílico: agente químico que induz a renovação celular, regula a oleosidade da pele e possui ação anti-inflamatória. Tem a capacidade de permeação nos poros ajudando na remoção da camada queratinizada, sendo indicado para a desobstrução dos poros.

LHA: é um derivado do ácido salicílico. Possui ação queratolítica, que ajuda a impedir a formação de cravos, sem provocar irritação. É uma substância suave que pode ser usada em qualquer tipo de pele, sendo as oleosas mais beneficiadas.

Nicotinamida: é uma vitamina essencial do complexo B. Sua substância é capaz de reduzir o ressecamento e melhorar a textura da pele, além de ter ação anti-inflamatória. O ativo ajuda a evitar o surgimento de cravos e espinhas.

Zinco: o mineral é responsável dimunir a produção de sebo pelas glândulas sebáceas. A substância também ajuda a regular o excesso de brilho e, consequentemente, a formação de cravos e espinhas

Atenção aos ativos que provocam o efeito rebote

Segundo a dermatologista, o que acaba causando a produção demasiada de sebo na pele é a falta de limpeza e o efeito rebote. Um dos ativos que pode agravar esse cenário é o enxofre: “Um agente esfoliante e antisséptico que remove a oleosidade, mas que acaba causando ressecamento e irritação com frequência. Se usado excessivamente, pode levar ao efeito rebote, aumentando ainda mais o brilho quando suspenso.

Adote uma rotina de limpeza da pele oleosa regrada, use os produtos indicados e não deixe de consultar seu dermatologista regularmente.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

 

ENCONTRE AQUI O DERMATOLOGISTA DA SBD MAIS PERTO DE VOCÊ

Imagens: Google

Fonte: Site DermaClub

Postado por
Janaina

Continue Lendo

You may also like